AMOR COM...E SEM PALAVRAS

quinta-feira, 24 de março de 2011

O POEMA



O poema é uma garrafa de náufrago

jogada ao mar.

Quem a encontra,

salva-se a si mesmo...



Mario Quintana

Sem comentários:

Enviar um comentário