AMOR COM...E SEM PALAVRAS

domingo, 3 de abril de 2011

POESIA



Gastei uma hora pensando um verso

que a pena não quer escrever.

No entanto ele está cá dentro

inquieto, vivo.

Ele está cá dentro

e não quer sair.

Mas a poesia deste momento

inunda minha vida inteira.




Carlos Drummond de Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário